Busca
Enquete
Você se preocupa com as mudanças climáticas e a proteção do meio ambiente?
Sim, e procuro causar o menor impacto possível ao meio ambiente, inclusive separando o lixo
Não, e prefiro deixar esse problema para as futuras gerações
Ainda não pensei sobre esse assunto

Parceiros
Siga-nos do Twitter
Colunistas
Trilha acima do peso
Postado por: Vlamir Santo

Regularmente, sou bombardeado com perguntas feitas por pessoas que querem participar de alguma atividade, mas acreditam que não podem devido a sua condição física. São dúvidas do tipo: "Eu nunca fiz trilhas, qual a dificuldade da atividade?" "Sou sedentário, será que consigo?" Estou acima do peso, terei fôlego pra caminhar?" O que eu sempre digo a essas pessoas é: Você pode!

Em todo grupo, existem pessoas que sentem algum tipo de dificuldade por "N" motivos. Você pode estar bem preparado e se cansar, do mesmo jeito que aquele que não está tão preparado assim pode concluir a atividade sem maiores dificuldades. Já vi acontecer ambos os casos, muitas vezes.

Consulte guias, instrutores ou responsáveis sobre a atividade. Saiba os níveis de dificuldade, tempo do percurso, etc. Inicie pelas mais leves e fáceis e vá graduando o nível aos poucos, sem pressa.

Não seja imprudente. Dê um passo de cada vez. Vença seus limites um a um e não todos de uma vez só.

Em bons grupos de trilha, existe a ética de deixar sempre os mais "lentos" na frente, logo após o guia. Não se envergonhe disso, todos devem saber que o cume da montanha, a cachoeira ou o mirante não vão sair do local se o grupo chegar antes ou depois do previsto.

Lembre-se que a finalidade desse tipo de atividade é a sua integração com a natureza. De nada adianta participar na correria e não renovar seus pensamentos, não tirar boas fotos, não desfrutar do local.

As dicas que dou servem não só para aqueles que acham que estão acima do peso como para todos os participantes. Ou seja, nada diferencia você de qualquer outra pessoa nesse tipo de atividade.

Acredito que não se deve deixar de fazer algo que dá prazer por receio do que os outros vão dizer, por falta de companhia, ou por medo de descobrir até que ponto se pode chegar.

Acostume-se a respirar o ar diferenciado no meio da mata, a ouvir os pássaros cantando, a ver os micos pulando de galho em galho, a sentir o vento do alto de uma montanha, a ver como a vida é pequena vista lá de cima. Acostume-se a dizer "eu posso" para você mesmo.

Viva a vida. Ela é sua.



Revisão: Nancy Pavão

Comente esta matéria
Nome:
E-mail:
Comentário:
Informe as letras e número ao lado:
Comentários
  • Raquel - 31/01/2013
    raquel_cwb@yahoo.com.br

    Adorei ler esse texto, principalemente "nada diferencia você de qualquer outra pessoa nesse tipo de atividade." Gostaria de participar das atividades do grupo e como inciante e nova moradora do RJ me senti incentivada e acolhida. Ate breve!
  • Geane Lopes - 02/02/2012
    geanellm@gmail.com

    Inspiradora a matéria. Comigo agora é assim: SIM! EU POSSO! RS. Bjs
© Copyright 2000-2015 Trilhas RJ - Todos os direitos reservados