Busca
Enquete
Você se preocupa com as mudanças climáticas e a proteção do meio ambiente?
Sim, e procuro causar o menor impacto possível ao meio ambiente, inclusive separando o lixo
Não, e prefiro deixar esse problema para as futuras gerações
Ainda não pensei sobre esse assunto

Parceiros
Siga-nos do Twitter
Dicas Importantes
Trekking/Trilhas
O que levar para sua aventura?

Ao realizar atividades na natureza, temos que ter em mente que alguns objetos são essenciais ou que imprevistos podem ocorrer. Independente do tempo de duração da atividade ou do seu grau de dificuldade, esteja munido com alguns equipamentos de primeira necessidade.
 
Entre os milhares de equipamentos que temos a nossa disposição para a atividade de trekking/trilhas, pelo menos doze são essenciais. Eles cabem numa pequena mochila, não fazem muito peso e podem livrá-lo de situações difíceis. Confira o checklist que preparamos, e com ele em mente aproveite ao máximo sua aventura:

 

Canivete - Um canivete grande ou mesmo uma faca (guardada em sua bainha dentro da mochila) podem ajudar a abrir latas, descascar lenha úmida para um fogo de emergência e muitas outras pequenas tarefas.

Cantil - Água e calor são duas prioridades em caso de emergência. Manter-se aquecido e hidratado é tudo no que você precisa pensar. Portanto, não esqueça de ter consigo um cantil (de no mínimo 1 litro) e enchê-lo sempre que houver oportunidade.

Lanterna - Deve ser leve e compacta. Tenha sempre pilhas extras (de preferência alcalinas) e uma lâmpada sobressalente na mochila.

Bússola - A bússola transparente é a ideal. Colocada sobre o mapa da região e ajustada conforme pontos notáveis (montanhas, estradas) ela indica a direção a seguir. No caso de dúvidas ou mesmo desconhecimento de determinado local, com certeza será de grande ajuda.

Comida extra - Em situações de sobrevivência, o lanche do dia pode ter de ser esticado para um jantar e mais o café do dia seguinte, enquanto a trilha perdida é reencontrada ou se espera por socorro. Daí a importância de se carregar uma barra de cereais, um pacote fechado de frutas secas ou uma lata de atum, algo que não faça parte do lanche normal e ao qual ninguém se lembra de recorrer - a não ser numa emergência.

Isqueiro ou fósforo - Isqueiros descartáveis são os mais práticos. E para conseguir acender fogo em condições adversas é bom contar também com uns tocos de vela e até mesmo um frasquinho de álcool ou benzina.

Roupa extra - Uma muda de roupa seca, um agasalho e uma capa impermeável (ou ao menos um plástico grande para se cobrir e se refugiar da chuva e do vento, que roubam calor e podem levar à hipotermia) podem salvar sua vida.

Mapa - Os mapas topográficos, que mostram as curvas de nível do terreno, são ideais para orientação. Eles mostram as elevações e vales, além de fazendas, estradas e rios.

Botas ou Tênis - Amaciados e bem usados; nunca utilize um tênis novo que não esteja bem amaciado, isso pode fazer da sua caminhada o seu pior pesadelo.

Celular - Parece besteira, mas é muito útil nas horas difíceis. E principalmente nos dias de hoje. Muitos parques e trilhas possuem sinal de cobertura de celular.

Apito - Quando tudo o mais falhar e você tiver de parar e chamar por socorro, um apito é bem mais estridente que gritos, além de poupar a sua energia.

Mochila pequena - Para acondicionar todos o equipamento. Esteja sempre com as duas mãos livres em caso de escorregões, superar obstáculos ou outras necessidades.

Além dessas orientações, uma outra que também é de suma importância: mantenha sempre a calma no caso de problemas ou acidentes.

Com essas sugestões, você poderá aproveitar com total segurança e tranqüilidade o seu passeio, e no caso de algum contratempo, você estará apto a superar as adversidades que podem sobrevir.

© Copyright 2000-2015 Trilhas RJ - Todos os direitos reservados